Permita sua criatividade fluir.

Você certamente já ouviu muito em sua vida sobre como certas pessoas e a criatividade delas mudaram o mundo. Walt Disney, Steve Jobs, Isaac Newton… e a lista continua… Todos esses são nomes que vêm à mente quando o assunto são criações disruptivas e criativas. Com certeza a capacidade imaginativa é um dos ativos mais valorizados no mundo.

Mas, e se eu te falar que você não precisa ser nenhum gênio ou ser dotado de uma criatividade inata para conseguir se destacar no mercado médico – e na vida de maneira geral. Você acreditaria?

Então confira no texto os motivos pelos quais você consegue e deve fugir do padrão para alcançar o seu sucesso médico.

Permita sua criatividade fluir.

A Primeira coisa que eu acredito que deve ser pontuada neste texto é a seguinte: Você é um Médico, e não um robô. E eu digo isso pois vejo muitos profissionais que quando formam eles simplesmente param de descobrir, pensar ou testar coisas novas. O médico faz as mesmas coisas todos os dias, da mesma maneira com que todos os outros profissionais fazem.

E eu não preciso nem dizer que se você faz o mesmo que todo mundo você vai ter o mesmo resultado que a média.

E se isso não tem problema para você, que ótimo! Mas aqui eu me preocupo com os profissionais que querem ir além. Os que querem ser referências, os que querem o consultório sempre cheio e, principalmente, os que querem sair da manada.

E o melhor jeito de não ser confundido com o “médico padrão” é sendo criativo. E não, eu não quero que você passe a ir para o consultório com uma camisa verde neom e um chapéu de palhaço.

A questão é que hoje em dia todos os médicos seguem a mesma “cartilha de bons modos”: Eles falam igual, se portam igual, tem o mesmo carro, moram na mesma região…

Então, agora eu te apresento a melhor forma de se diferenciar da manada: Seja você mesmo!

Coloque sua personalidade nas coisas que você faz. Crie conexões verdadeiras com seus pacientes. Seja verdadeiro. Seja real. Não siga a cartilha médica.

Seja diferente!

Quando você para de se esconder atrás do jaleco e do que todos os outros médicos já fazem, você abre um universo de possibilidades para serem trabalhadas.

E esse é o grande segredo. Eu não vou te ensinar nenhuma dica mágica de criatividade, muito pelo contrário, eu só pretendo liberar o “eu criativo” que existe dentro de você.

Comece a fazer o que eu sugeri. Coloque sua personalidade em tudo que você faz e a névoa turva que cobre a área criativa do seu cérebro vai sumir, e eu te garanto que em pouco tempo você não vai mais reconhecer o “médico padrão” que você um dia foi.

Quer saber como usar outras técnicas para se diferenciar, criar uma experiência para o seu cliente e usar as redes sociais como aliadas nesse processo? Se inscreva em nossa lista de emails e fique ligado nas novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *